22 de Setembro de 2004

E sobre o que se passou com as listas de colocação de professores…
Tudo isto é ridículo. É certo que é muito aborrecido, especialmente para pais e professores efectivos, começar tarde o ano lectivo: os pais não têm onde, nem com quem deixar os seus filhos e os professores terão de se apressar para acabar os já de si extensos programas.
Mas o pior não é isso: os professores não colocados não sabem onde vão ficar; terão que alugar casa? e os seus filhos? onde irão viver no próximo ano. É certo que nem todos sofrerão estas mudanças, mas muitos têm de infrentar esta incerteza enorme.
Porém para mim, o mais grave talvez seja a falta de respeito de tudo isto, não só pelos motivos acima mencionados, mas pela forma como revela a maneira como somos governados. Largos milhares de euros deverão ter sido pagos a quem fez o programa e tantos outros serão necessários para reconstruir o tal programa, bem como os que devem estar a ser pagos a título extraordinário para assegurar que as listas saiam a tempo, que não saem.
E isto é só para falar na educação.

22 de Setembro de 2004

  • André

    long investimento_inicial = 10000000;
    long seconds = 0;
    while(tachinho == true)
    {
    investimento_inicial ++;
    seconds_to_end++;
    if(investimento_inicial > 99999999999999 && seconds > (5*30*24*60*60))
    break;
    else
    sleep(1000);
    }
    O program não devia variar muito disto.
    Mas não deve faltar muito para acabar…enquanto não tiverem gasto uma pipa de massa e perdido no mínimo 5 meses isto não vai acabar

  • Ricardo Ramalho

    lol.
    Rio-me do anterior comentário. Mas não tem piada nenhuma mesmo. 😐