19 de Outubro de 2004

O Ministro das Finanças fez recentemente a apresentação da sua versão do orçamento de estado. Fê-lo na presunção de um crescimento económico de 2,4% assentes num valor de 38 dólares para o barril de petróleo. Actualmente tem andado em torno dos $48. Segundo a Agência Internacional de Energia, o motivo deste aumento de preços deve-se ao facto de basicamente a produção estar a atingir o limite máximo (por falta de investimente). Ao que parece existe um petróleo de inverno e de verão – (um da Arábia Saudita, outro da Nigéria, tendo em conta se são para aquecimento/prod. energia ou para alimentar os carros). A mesma agência, diz que no inverno a produção virá essencialmente dos produtores de “petróleo de inverno” que têm um tecto de produção mais elevado e a crise aligeirar-se-á.
Será verdade? Eu não sei… E será que quando voltar a primavera vamos ter o mesmo cenário. A única coisa que sei, é que se isto continua (e acho que sim; mas a minha opinião, não é mais do que isso, uma opinião e vale 0) desta forma e se o ano de 2005 começar com estes preços, vamos ter que ter alturas em que o preço seja inferior a $38, ou as previsões vão ter de ser refeitas…

19 de Outubro de 2004