31 de Outubro de 2008

Há anos que já não consultava nada na infopédia. Para dizer a verdade, ainda sou do tempo da Encarta, sobretudo em CD, mas a infopédia nunca usei muito. Hoje, por coincidência, fui lá parar e acedi à página neste endereço: http://www.infopedia.pt/$arthur-c.-clarke
De seguida, cliquei no link “ver artigo completo” tendo sido redireccionado para uma página com um formulário de login e onde se lê:

Para usufruir plenamente do serviço, necessita de o subscrever.

Não percebo muito de programação e sei as debilidades do pouco que sei. A maneira mais básica de se passar informação para o servidor é através de variáveis no URL. Por isto, não deixei de estranhar quando vi o endereço desta página com o formulário: http://www.infopedia.pt/$arthur-c.-clarke?res=sim. Deixa cá experimentar, pensei eu e troquei o “sim” por “nao”. E não é que o artigo apareceu por completo.
A única coisa que quero salientar é o facto de algumas (ou serão muitas?) empresas que estão na internet tratarem a segurança com uma ligeireza atroz. Neste caso são os conteúdos deles que ficam expostos, no entanto há muitos sítios em que são os nossos dados que estão a ser guardados nas suas bases de dados. Não sou, de modo algum, um paranóico da segurança, mas a confiança é um elemento fundamental se queremos que qualquer tipo de transacções possa ser feita de modo fácil e em tempo útil como se quer no mundo em que hoje vivemos.
Agora, porque é que alguém paga para aceder a conteúdos destes, especialmente quando existe a wikipedia, isso é outra questão.

31 de Outubro de 2008