19 de Julho de 2003

bbc Ontem de manhã vi, pela primeira vez, a notícia de que tinha sido encontrado um corpo, ao mesmo tempo que a família de do Dr. Kelly o dava como desaparecido.
David Kelly estaria no centro de uma polémica – a meu ver gravíssima – entre o governo do Reino da Inglaterra e a BBC, que denunciou as falsidades praticadas por aquele sobre as capacidades bélicas do Iraque.
Agora já se diz que o corpo é compatível com a descrição de Kelly e que foi encontrado a meia dúzia de quilómeros de sua casa.
Que estranho. Ou não? Estas são histórias de crimes iguais às que desde sempre ouvi acontecerem nos anos dos gangsters. Há décadas que não se ouve (muito) de casos como este.
Mas será que foi mesmo assassinado? Estou convencido que sim. As reacções são no mínimo estranhas:
– talvez seja suicídio;
He is not used to the media glare, he is not used to the intense spotlight he has been put under. Richard Ottaway, Tory MP
Ainda assim, que raio de assassinato é este? Mais atenções não poderia chamar. Ou será esse o propósito? Será que este senhor tinha ainda mais revelações a fazer – se estas não são já suficientemente graves? E porque é que o assassinariam depois de já se saber aquilo que se sabe? Será apenas vítima de um louco?
Nestas alturas, o que não costuma faltar são teorias da conspiração. Não gosto. Nunca gostei. Nunca levam a nenhum lado. Mas não posso deixar de manifestar a minha surpresa e curiosidade sobre este estranho acontecimento.
Não quero deixar de realçar os tempos estranhos em que vivemos sobretudo desde os finais do século passado. Após uma década de fulgor económico espectacular, vivemos uma recessão a nível mundial – algo que alguns já tinha esquecido, outros (como eu) nunca tinham conscientemente vivido. É uma recessão estranha, visto que (ainda) não se sentem aqueles sintomas característicos da quinta-feira negra, ou da superinflação alemã, que podemos ler nos livros de história. Em dois anos assistimos a dois conflitos armados de grande envergadura, pese embora curtos. Assistimos a um ataque terrorista, beyond our wildest dreams. Vamos assistir ao maior alargamento da União Europeia, numa altura em que alguns dos grandes estão em conflito. Estamos a assistir ao questionamento das autoridades americanas e britânicas por terem descaradamente mentido aos seus povos.
Veremos o que vai acontecer.

19 de Julho de 2003

  • Ricardo Ramalho

    Hmmm… Parecem-me feios…. demasiado feios os tempos que correm…. Acho que disseste tudo! 😐