27 de Outubro de 2003

E se for?
E se fores? Será? És?
Dizes-me? E se for só um bocadinho?
Não, diz-me com a tua voz. Quero ter quase a certeza.
Será? Será que és?
Nem um suspiro?
Nem um…?
E se me beijares?
Será, porventura?
Que ando aqui a fazer…
Que faço eu aqui?
Será no surreal?
Será?
Quero explicar-te.
Queres saber?
Ah! Ponto.

27 de Outubro de 2003