1 de Março de 2004

Há mais uma obra humana que dentro de pouco tempo vai poder ser vista da Lua. Ao contrário da Grande Muralha da China esta é unica e exclusivamente fruto do trabalho e empenho de um só homem. É o ego do Prof. Marcelo.
Quando começou a comentar na TVI, eu era um espectador assíduo. Sem tentar beneficiar (muito) o seu partido, era um comentador inteligente, bem falante e que expunha com clareza os mais importantes problemas políticos que afectavam o país. Fazia lembrar os Domingos de manhã na rádio.
Mas agora o Prof. Marcelo está insuportável e o seu ego (reparem na sua postura curvada que adopta) está mais elevado que a cota do estúdio de Queluz. O Prof. Marcelo não só não sabe de tudo como nunca se contém em nada. Fazer da sua posição arma política – era mais que esperado, agora elevar-se ao dono da palavra e profeta do futuro, acho que é demais.
É que o Prof. Marcelo parece que sabe fazer tudo. Se o sabe, porque não vai para lá? Nem sequer aguentou liderar o seu partido. E olhe que Presidente da República não vale, que não manda muito!
Mas o pior de tudo nem é isto. É o fazer gala da sua pessoa e de tudo o que lhe concedem: fui dar uma conferência ali porque me escolheram, vou ver os óscares ali porque me convidaram, vi a ante-estreia acolá, vi o jogo ali.
Já sabemos das benesses dadas às figuras públicas, até a Cinha as tem e, convém salientar, ainda assim o Prof. Marcelo é bastante mais válido que aquela senhora, mas vir para a televisão fazer gala delas… Era escusado. Ou é grande demais para caber no seu ego?

1 de Março de 2004

  • Houve uma altura em que só sintonizava a TVI aos domingos à noite para ouvir o PM… os tempos mudam… Fico surpreendido (eu que sou politicamente leigo) como é que uma pessoa (supostamente) tão inteligente, e que diz julga saber tudo, não percebe que não se devia ter envolvido nas presidenciais… ou será jogo politico do PSD?