21 de Novembro de 2006

O voip é, realmente uma grande coisa. Agora que a anacom aprovou a numeração de voip-in – vão ser os “30” – e com sites como o voipcheap.com, que dão chamadas de borla para rede fixa e a €0,06 + IVA para móveis, daqui a pouco é que deixamos mesmo de precisar de redes fixas. E mais. Se o wifi público avançasse em quantidade e qualidade, os telemóveis também deixam de ser precisos. Mas até chegarmos aí ainda falta. Provavelmente o futuro mais imediato serão os telemóveis híbridos, GSM + WiFi, que nos permitem estarmos sempre cobertos por uma rede móvel e, onde houver cobertura de internet, ligados por Voip. Ora em casa, é muito fácil estarmos ligados à net permanentemente e no exterior, embora ainda escasso e caro, as coisas estão a melhorar. Um exemplo são os preços cada vez mais baixos, da netcabo fora de casa, ou iniciativas como os Jardins Digitais.
[EDIT.] Como muito bem apontou o Botas, GSM é do tempo dos avozinhos. Mea culpa. Queria dizer, redes móveis, sejam elas as que forem. GSM, GPRS, UMTS, etc. e tal.

21 de Novembro de 2006

  • GSM+WIFI?! Não será antes UMTS+WIFI?
    Se bem que o 3.5G já permite 1.4Mbps… por isso o wifi é cada vez menos importante.
    Mas já que estamos numa conversa totalmente geek: e então o CDMA?! Com coberturas fantásticas e velocidades estonteantes nas zonas EVDO!!

  • Não te esqueças é que as operadoras não vão deixar cair a galinha dos ovos de ouro assim por dá cá aquela palha…
    Portanto, antes de teres esse tipo de coisas eles vão assegurar que ganham o quinhão deles… 😉
    Abraço!