22 de Novembro de 2011

Em finais de 2009 envolvi-me com o gang do É Tudo Gente Morta. A experiência foi interessante: o meu primeiro blog colectivo, a arquitectura duma casa usada e estimada. Embora o mais novo, tipo mascote, sempre fui bem tratado e ganhei muito. E, ao contrário do sucateiro Godinho, não recebi robalos, mas dois pregados grelhados à beira-mar, um deles sob Canadairs atarefados. Mas como tudo o que é bom sempre se acaba, apercebi-me do que tinha ficado maltratado: este blog.

Depois do fim do ETGM não quis regressar sem limpar a casa. A coisa levou tempo, as teias de aranha eram muitas, mas cá está, de cara lavada. Sim, os blogs já não são o que eram, e os poucos leitores que tinha não virão. Ainda assim, gosto deste cantinho. Voltei.

22 de Novembro de 2011

  • Botinhas

    Tamos cá, pah! 🙂

    PS: Queremos pão-de-ló. :p

  • Tony Slim

    De Alfazeirão e nada coisas baratas..

  • F. Vieira

    4 de Novembro de 2010! Que vergonha! 😉