January 20, 2005

Sorry, this entry is only available in Português.

January 20, 2005

2 thoughts on “(Português) Priceless

  1. Elsa Abreu says:

    Claro, pode ser perigoso, tal como todos os meios de comunicação. Mas a ideia é esses meios sejam usados de forma a que o poder que detêm seja bem aproveitado.
    É óbvio que esses jornais foram criados em grande parte com objectivos publicitários, como reacção aos autocolantes amarelos dos Correios. Mas têm o mérito de poder vir a criar um hábito de leitura em quem não compra jornais por falta de paciência, tempo ou o que for. E se – “se” – transmitirem uma informação com um mínimo de qualidade podem vir a fazer uma diferença, para melhor.
    Quanto aos projectores do metro, confesso que nunca percebi como é que se pode pretender informar uma pessoa durante os 2 minutos que ela passa na plataforma. Se quiserem dar anúncios, porque não? já existiam painéis publicitários nas paredes, estão no seu direito (ou talvez não, mas aí a discussão é outra). Mas os pseudo-telejornais são perfeitamente ridículos.

  2. Na Áustria, já tinha visto este tipo de projectores, mas eram menos publicitários, com muito mais informação útil (exposições, etc), os noticiários, pareceram-me mais úteis (talvez seja só impressão) e quando a composição chegava dizia: “vamos parar a emissão. prepare-se que o seu comboio está a chegar”.

Comments are closed.